quarta-feira, 26 de novembro de 2008

CARTA de despedida...

Eu temo que algo dê certo sem você aqui...
Eu temo que meus gestos inquietos e minhas pequenas manias sumam ...
Eu temo saber o que fazer quando estou com frio,ou doente...
Eu temo que eu consiga naufragar e não chegar onde você queria...
Eu temo agir com a minha razão e olhar a vida passar sentada em uma cadeira de balanço coberta de gatos e uma boa aposentadoria...
Existe alguma possibilidade de tudo voltar a ser como era?
Eu sou a canção mais assimetrica e seu pesadelo mais engraçado...Eu sou o vento que vai tocar seu rosto quando tentar fugir dos passaros...Vou ser o perfume doce a te incomodar no restaurante italiano,e vou ser tambem o cheiro forte do tempero no bar francês...Vou ser a fumaça do cigarro barato da garota de saias curtas e rosto angelical,e vou ser tambem as magoas da madame mal amada eximia dona de casa ,que ensina os filhos todos os dias na tarefa as 6 da tarde...
E então você olhará em meus olhos,e dará 7 passos, me beijará,e sentirá meu coração batendo rapido e minhas maos tremendo...
Não entendo o porque de querer se aproximar tanto...
E eu estou movendo céus e terras para poder correr atrás do que eu acredito,mas ando meio esmurecida,aliás eu queria perguntar o porque de não me visitar mais as 1:32 da manhã...?
Eu vou bem sabe...
A escola está na mesma...E eu ando rindo bastante nas aulas,e não vendem lanches vegetarianos na cantina,e eu não entendo matematica isso anda me irritando bastante...
Eu abaixei 5 miligramas nos meus anti depressivos ,e eu já consigo até dormir melhor acho que ficaria orgulhoso de me ver saindo na rua sem olhar continuamente para os lados...
E meu psiquiatra disse que com mais algumas sessoes vou até conseguir andar 2 quadras sem contar os passos...
Porque não estou te sentindo mais tão perto?
Acho que precisarei de você quando eu for até lá, sabe como é...
Eu posso te esperar só mais essa noite ...
Pode cantar aquela cantiga de ninar para eu dormir estou sem sono?
Pode me abraçar ?Sinto um frio enorme...
Você sabe onde está a chave do quarto não é?
Vou te esperar para o jantar, vamos comer pizza?
Então amanhã você vai ir e vai voltar anoitinha ...
Sinto a hora de me desapegar dos velhos habitos...E me acostumar a cobrir os braços e desistir de esperar você para o jantar...
É melhor eu aceitar ,aceitar que não vai chegar para me buscar na aula de ingles...
E que já não estamos na mesma dimensão...
Mesmo assim vou guardar um pedaço de pizza caso você resolva voltar ...
Encerro aqui minha ultima carta de despedida ,estou aos prantos,e meu coração doi muito,e alguma nitidez na sua volta se esvai ...Algum fio de ilusão ainda me faz olhar para trás e tentar ve-lo é em vão...O silencio do correio e o frio do olhar do atendente me despertam para o fim ,acabara ali minha incrivel espera de dois longos invernos...Ali ficava a minha carta...
Adeus meu quase tudo...
Adeus pedaço de mim...
Adeus eterno anjo...
Adeus
Até mais ver

8 comentários:

Julia Andrade disse...

Sabe,se eu soubesse que tudo poderia ser perdido pro tão pouco,que seriamos melhores sem algumas pessoas,que nos sentiriamos tão vazios sem alguém es especial.Não teria lido seu blog
{brincadeira}
Bem,acho que contar paços não é tão feio.
acho que olhar continuamente para os lados é uma mania de perseguição violenta e que como já faz.Deve ser tratada.
Presumo que se você continuar com as seçoes de análise psiquiatrica e com as minhas consultas psicologicas gratis.Terá ,daqui a alguns meses abaixado de 5 miligrama para 10,15 e até parar de tomar essas coisas.{por mais que seja iper ativa}
Otimo texto.te amo muito.
Sua psicologa/gratis e perfeita.
Julia

Tiago disse...

Tinha que ser obra da minha best/amiga/cúmplice/atoa favorita; queria saber de onde vc consegue tirar essas belas palavras... [simplesmente são perfeitas; lembro-me de nossas conversas pós Wizard, eram (e ainda são)perfeitas]

Amo vc demais minha psicologa favorita... =D

fred disse...

Hum, profundo, bom texto.
Pena que mostra um tipo de melancolia, hum, não gosto de pensar que você fica triste assim..

Espero que melhore, sinceramente, :*

Julio disse...

Good luck with your life girl.
Just dont ever, ever change the different way that you look at the world, because it is so boring being normal.

And if you need me and Luiza, you know where to find us (msn/orkut/email/work and soon, we wil live together in Formosa) [:P]

Lucas disse...

Natalia, me magoa isso,eu vou sempre estar do seu lado. Relaxa.

Tiago disse...

Saudades de minha best!!!

Brunas F. disse...

Belo texto...e não se preocupe em entender matemática.

Matemática ultrapassa qualquer entendimento rsrs

Pat M. disse...

Teu post me emocionou. Um pouco. ok, bastante. e eu ñ me emociono com qualquer coisa...